Home Gestão • Como Montar Uma Empresa de Móveis

Como Montar Uma Empresa de Móveis

O mercado de produção de mobiliário é um dos mais antigos da civilização humana, desde os primórdios da existência social do homem, que é necessário ter um lugar para dormir, para fazer as refeições, para colocar objetos.

Na Idade Média, as peças eram fabricadas manualmente, o que poderia levar bastante tempo devido à precariedade das ferramentas e dureza das madeiras nobres que eram utilizadas então. Os museus só podem mostrar os móveis de muitas centenas de anos atrás, devido a alta qualidade da matéria prima.

Com o passar do tempo, e a Revolução Industrial, a indústria moveleira se desenvolveu e hoje, temos inúmeras fábricas de móveis dos mais diversos tipos e que atendem aos gostos mais exigentes.

mercado moveleiro

A primeira coisa que ronda a cabeça dos empreendedores, é referente ao capital inicial para montar uma empresa, ou abrir um comércio. O trabalho com móveis geralmente vem de herança familiar, e ainda hoje algumas empresas trabalham com a produção artesanal elevando o preço das peças a valores astronômicos.

Em contrapartida, existem grandes redes de lojas que trabalham com produtos feitos com material de baixa qualidade, o que resulta em móveis bonitos, mas que possuem vida curta. Esse tipo de produto atende bem as camadas da população das classes C e D.

E, no meio desses extremos encontramos diversas lojas que possuem fabricação própria ou que revendem peças de qualidade média, mas que possuem muitas facilidades para o pagamento.

 Dicas para abrir uma loja de móveis

Se você deseja entrar para o ramo de móveis, é importante conhecer alguns passos básicos para não meter os pés pelas mãos. Veja movimentos iniciais para conseguir abrir sua loja de móveis.

Defina seu produto: O mercado de móveis é extenso, existem vários nichos específicos como dormitórios, sala de estar, cozinhas, infantis, e por aí vai. A maioria das lojas trabalha com todos os tipos, porém ter um tipo específico pode ser mais prático para trabalhar. Ter uma loja só de cadeiras, ou só de sofás pode torna-lo uma referência no ramo.

Investimento e documentação: Considere o número de peças iniciais para estoque, ou trabalhe apenas com pedidos (o que ajuda a minimizar o tamanho do investimento necessário, já que poderá trabalhar com um adiantamento do pagamento), estude a legislação local para ter a documentação completa, evite qualquer tipo de infração para não perder seu comércio.

Encontre o local: Dependendo do público, determinados locais podem ser muito bons para uma loja de móveis, ou muito ruins. Ter uma loja em um lugar onde existem outras do mesmo ramo, pode ser uma boa pedida, já que o público está acostumado a encontrar todo o tipo de oferta em um só lugar.

Diversifique: Considere colocar produtos complementares para agregar valor ao seu produto, a maioria das lojas de móveis também oferece objetos decorativos e diversifique e oferecer móveis tradicionais, e feitos com materiais reciclados como os móveis de paletes,  procure por empresas que trabalham com consignação para não ter que investir em produtos que não tenham saída.

Divulgue: Use a internet a favor do seu negócio, divulgue sua loja nas redes sociais através de anúncios, tenha uma página (blog ou site) com um catálogo virtual e considere fazer vendas online para aumentar o faturamento.

Author:Jaqueline Andrade

Mulher Administradora e Empreendedora de formação e paixão, adora dar dicas de negócios para todos os gêneros